quinta-feira, 18 de setembro de 2014

PSC sinaliza apoio a Marina para eleger presidente evangélico


PSC reconhece que evangélicos já apoiam Marina Silva

Desde o inicio da campanha eleitoral, analistas indicavam que os evangélicos, que são cerca de 25% do eleitorado, poderiam fazer a diferença. Quando o PSC lançou Pastor Everaldo na corrida pelo Planalto, acreditava-se que ele poderia “surpreender”. Contudo, ele tinha de 2 a 3 por cento das intenções de voto.
Quando Marina assumiu a condição de candidata, tudo mudou. A ex-senadora aparece com chances reais de vencer Dilma no segundo turno e passou a ser atacada constantemente pelo PT. Embora tivessem suas críticas, apoiadores de peso de Everaldo, como Silas Malafaia e Marco Feliciano já anunciaram seu apoio à candidatura de Marina. O mesmo aconteceu com a Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil (CGADB), que deverá anunciar que ficará ao lado de Marina.
Segundo o portal IG, um dos coordenadores de campanha do PSC já admite que evangélicos irão “aderir em massa” à Marina no segundo turno. “Seria a primeira vez na história que um candidato evangélico chegaria com condições reais de ganhar a eleição”, afirmou Gilberto Nascimento, presidente do PSC de São Paulo. “Nosso eleitor e o dela pertencem ao mesmo segmento. Será um encontro natural”.
Embora Everaldo Pereira não tenha planos de abandonar sua campanha no primeiro turno, o PSC já sinaliza que ficará ao lado da candidata evangélica. Nascimento explica que uma negociação entre PSC e PSB passaria pelos temas defendidos pelos evangélicos e “uma reforma política ampla, que mude radicalmente o sistema eleitoral”.
Mesmo assim, Marco Feliciano fez um apelo para que Everaldo abrisse mão ainda no primeiro turno. “Neste momento, dadas às circunstâncias, se eu estivesse no lugar do Pastor Everaldo, eu pensaria em declinar da campanha e migrar para Marina, para não haver divisão no meio cristão”.
Fonte: Gospelprime

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...